Astronomia

Astronomia na vida cotidiana, histórica e moderna.

Blog: Astronomia

Acompanhe o Eclipse Solar de Agosto de 2017 em tempo real aqui ao vivo online. Na data e hora será transmitido ao vivo no stream abaixo.
Ler mais…

Acompanhe o Eclipse Solar de Agosto de 2017 em tempo real aqui ao vivo online. Na data e hora será transmitido ao vivo no stream abaixo.
Ler mais…

Conheça as principais sondas espaciais e suas missões nos planetas e Sol. As imagens mostram um resumo completo com os nomes data de lançamento missão e características de suas funções principais.Ler mais…

Na bandeira brasileira temos uma representação aproximada da esfera celeste que corresponde a uma observação do céu no dia 15 de Novembro de 1889 às 8h30 no Rio de Janeiro.Ler mais…

Você sabe a diferença entre Cometa, Meteoro e Asteroide? Veja a definição abaixo.

Astro Definição
Asteroide Objeto rochoso, relativamente pequeno e inativo, que orbita o nosso Sol
Meteoroide Sobras de asteroides ou cometas que orbitam o nosso Sol
Meteoro Corpos celestes ou rochas estacionária em torno de planetas ou Sol. Fenômeno que ocorre ao longo da atmosfera da Terra e deixa um rastro de luz no céu
Meteorito Fragmentos de corpos celestes que viajam pelo espaço. Quando um meteoroide ou um asteroide resistem à passagem pela atmosfera terrestre e atingem o solo do nosso planeta, ele é classificado como um meteorito
Cometa Corpo celeste com órbita indeterminada, também considera-se objeto de gelo relativamente pequeno, mas muitas vezes ativo, que tem cauda de gás e poeira
Ler mais…

O Google Mars é um serviço semelhante ao Google Maps, o que muda é apenas o fato das fotos serem da superfície de Marte. O serviço é oferecido pela empresa Google. É possível visualizar tanto como se estivesse visualizando o planeta por um telescópio como por duas outras formas renderizadas. Uma é colorizada pelo relevo e outra das emanações em infravermelho.Ler mais…

O Google mantém uma versão online chamada Google Sky, está versão foi desenvolvida devido a popularidade da versão do Google Earth. O site do Google Sky foi lançado em 13 de março de 2008. É acessível de qualquer navegador e sistema operacional, e está disponével em 26 idiomas.Ler mais…

Lançado em órbita em 1990, o Telescópio Hubble da NASA revolucionou a astronomia e inspirou uma geração com suas visões magníficas do universo. Para celebrar o aniversário de 20 anos do Hubble, nos reunimos com nossos amigos do Space Telescope Science Institute para compartilhar nossas 20 imagens preferidas do Hubble. Navegue pelas imagens abaixo, assista a este passeio em vídeo ou faça o download de nosso novo passeio do Hubble no Google Earth e voe até esses locais no espaço! .Ler mais…

Google Moon. O Google Moon é um serviço semelhante ao Google Maps, o que muda é apenas o fato das fotos serem da superfície da Lua. O serviço é oferecido pela empresa Google. É possível visualizar tanto como se estivesse visualizando a Lua por um telescópio como por duas outras formas renderizadas. Também pode-se buscar a posição de naves e sondas que pousaram no satélite ou de acidentes geográficos.Ler mais…

Distro Astro Linux. A Distro Astro é open source e completamente livre. Foi criado, especialmente, para os astrônomos e entusiastas da astronomia. Baseado no Ubuntu, essa distro é disponibilizado no ambiente desktop MATE. É distribuído em 64 bits e 32 bits; e está disponível para download como imagens DVD ISO.Ler mais…

O site heavens above permite gerar mapas celestes entrando com os dados tipo Hora Ano Mês Dia Hora Minuto, Opções de visualização linhas das constelações, nome das constelações, limites das constelações, plano eclíptico.Ler mais…

Movimentos Lunares. As fases da lua ocorrem pelo ângulo formado pelo sol em relação a lua. A lua leva aproximadamente 29,5 dias para dar uma volta em torno de si mesma e 29,5 dias aproximadamente para fazer uma revolução lunar (volta em torno terra), devido ao movimento sincronizado sempre mostra a mesma face à terra.Ler mais…

Classificação do Sistema Solar Nova teoria. Os cientistas reunidos na capital tcheca, decidiram criar três categorias para classificar os corpos celestes.Ler mais…

Netuno é coberto por luzes azuis brilhantes. Como essas nuvens se parecem com a água, o planeta foi chamado em homenagem ao deus romano dos mares. O planeta leva 165 anos para dar a volta em torno do Sol. Netuno é quatro vezes maior do que a Terra.Ler mais…

Urano foi o primeiro planeta a ser descoberto com um telescópio. Urano é o planeta mais distante do Sol – só Netuno fica mais longe do Sol do que ele. O planeta é quase quatro vezes maior do que a Terra.Ler mais…

Saturno é outro planeta gigante, que tem anéis brilhantes. A atmosfera gasosa de Saturno não é tão colorida quanto a de Júpiter. É o segundo maior planeta depois de s Júpiter.

A característica mais famosa de Saturno é o brilhante sistema de anéis, o único visível da Terra.Titã, a lua de Saturno, é maior do que Plutão e Mercúrio. Titã tem uma atmosfera compacta de nitrogênio e metano.

Júpiter é o maior planeta do Sistema Solar e tem mais massa do que todos os outros planetas juntos. O planeta tem camadas de gás e as quatro maiores luas do Sistema Solar – Io, Europa, Ganimedes e Calisto – que são maiores que Plutão.

Em volta do equador de Júpiter existem três anéis finos, formados principalmente por partículas de poeira. Duas sondas Voyager foram enviadas a Júpiter em 1979 e enviaram fotos do planeta. De 1995 a 2003, a sonda Galileo ficou na órbita de Júpiter.

Marte é um planeta avermelhado, coberto por rochas e crateras (grandes buracos). O planeta se move ao redor do Sol em uma órbita elíptica (oval) e leva cerca de 687 dias para dar uma volta completa. A atmosfera do palaneta vermelho não tem oxigênio. Alguns cientistas dizem que talvez tenha existido no planeta há bilhões de anos, mas hoje não há prova de qualquer ser vivo no planeta.Ler mais…

Vênus é o segundo planeta mais próximo do Sol e é quase do mesmo tamanho da Terra. A superfície do planeta é cheia de montanhas, vulcões, cânions e crateras. O planeta é coberto por nuvens de ácido sulfúrico, uma substância mortal.

Vênus também é um planeta muito quente: a temperatura na superfície é de 460oC. Os cientistas enviaram uma nave para explorar o planeta. A primeira a sonda passar perto do planeta foi a Mariner 2, em 1962.

Segundo os astrônomos modernos, Mercúrio é um planeta seco, quente e quase não tem ar. O planeta fica a quase 58 milhões de quilômetros do Sol e não tem lua nem atmosfera. Fica tão perto do Sol que as temperaturas da superfície podem chegar a 430oC.

Assim como a Lua, o planeta é coberto por uma camada fina de minerais. Mercúrio também tem áreas de terra amplas e planas, precipícios e muitas crateras profundas como as da Lua. Cientistas dizem que o interior de Mercúrio e da Terra é feito de ferro.

Água em Marte. Apesar das duas descobertas de água congelada em Marte no ano passado (perto do Pólo Sul e na superfície da calota polar norte do planeta), ninguém pôde averiguar ainda se a água existe em estado líquido, condição essencial para a existência da vida como a conhecemos.

Os cientistas continuam procurando indícios de vida no planeta vermelho.

Factoides e teorias Lunares. Quando o assunto é astronomia lunar, muitas interrogações aparecem. Um estudo publicado em julho mostrou que há cerca de 5 toneladas de pedras terrestres em toda a superfície da Lua. Essas pedras contêm informações sobre a composição da jovem Terra e sua atmosfera, e possivelmente sobre a origem da vida.

A questão é que ninguém pode afirmar que essas pedras estão lá ou podem ser resgatadas, mas os cientistas estão otimistas. "Esse estudo nos dá uma razão para voltar à Lua, para olhar para ela como uma janela para a jovem Terra", diz John Armstrong, da Universidade de Michigan.

"Seria o modo mais rápido e barato de aprender sobre os anos iniciais do planeta e a formação de todo o Sistema Solar".

Em astronomia os satélites ou luas são corpos celestes que não possuem luz própria e orbitam em torno dos planetas e dos asteróides. Os satélites brilham porque refletem a luz proveniente do Sol. Os satélites são classificados como Regulares, Irregulares e Interiores.Ler mais…

Satélites ou luas são corpos celestes que não possuem luz própria e orbitam em torno dos planetas e dos asteróides. Os satélites brilham porque refletem a luz proveniente do Sol.

A quantidade de luz refletida por um corpo depende da composição de sua superfície e da sua atmosfera. A razão entre a quantidade da radiação refletida por um objeto pela radiação total incidente se chama albedo.Ler mais…